Falha de segurança em aplicativo Zoom para MAC permite ligar a webcam sem permissão do usuário
Videoconferência

Após falhas de segurança, Google proíbe seus funcionários de usarem aplicativo Zoom

3 Minutos de Leitura
Google proíbe seus funcionários de usarem aplicativo Zoom
Após Anvisa, Google proíbe funcionários de usar o Zoom

Após serem encontradas diversas falhas de segurança no Zoom, o Google, assim como diversas outras empresas, é mais um a proibir que seus funcionários utilizem o aplicativo.

[+] Saiba como excluir sua conta no Zoom Meetings. Confira o passo a passo

O anúncio vem dias depois de o aplicativo ser banido para funcionários da Anvisa, A informação foi divulgada pelo portal BuzzFeed News.

O aviso foi feito, segundo informa o Buzzfeed, através de um e-mail interno do Google aos seus funcionários que possuíam o “Zoom” instalado.

Neste e-mail foram citadas algumas das falhas de segurança no Zoom e alertaram que o software de videoconferência nos notebooks dos funcionários deixaria de funcionar a partir desta semana (dia 7).

Google é mais um a banir o Zoom

Após falhas de segurança no aplicativo Zoom, Google proíbe seus funciobnários de utilizarem o Zoom
Sundar Pichai, atual CEO do Google.

O aplicativo Zoom, concorrente do próprio Meet, do Google, viu uma explosão de pessoas usando-o para trabalhar e socializar em casa. Com a pandemia do Coronavírus, o aplicativo tornou-se uma das principais ferramentas de videoconferência empresarial do mercado.

“Há muito tempo, temos uma política de não permitir que os funcionários usem aplicativos não aprovados para trabalhos fora da nossa rede corporativa”, disse Jose Castaneda, porta-voz do Google, ao BuzzFeed News. 

“Recentemente, nossa equipe informou aos funcionários que usam o Zoom Desktop Client que não serão mais executados em computadores corporativos, pois não atendem aos nossos padrões de segurança para aplicativos usados ​​por nossos funcionários.”, continua.

CEO assume falhas de segurança no Zoom

CEO do Zoom em defesa do aplicativo sobre as falhas de segurança
Eric Yuan, CEO do Zoom

Ainda que bastante pressionado pela imprensa mundial devido a graves falhas de segurança descobertas, a Zoom Video Communications, responsável pelo aplicativo Zoom, vem assumindo e se desculpando pelas vulnerabilidades descobertas.

Conforme divulgado aqui no Programadores Brasil, o CEO da Zoom já se posicionou pedindo desculpas publicamente e se comprometendo em arrumar as coisas.

A empresa inclusive congelou o lançamento de novas features por 90 dias para se concentrar apenas nisso. Confira a matéria que publicamos sobre o assunto clicando aqui.

Ainda, em entrevista concedida à CNN, o CEO da Zoom, Eric S. Yuan, revelou que entre dezembro de 2019 e o fim de março deste ano o aplicativo passou de 10 milhões para 200 milhões de usuários.

[+] Investindo na tradução em tempo real de videoconferências, Zoom adquire startup alemã que vai auxiliar na implementação do novo recurso. Entenda

O crescimento, segundo ele, evidenciou alguns problemas de segurança que estão sendo explorados por hackers para invadir conversas alheias e conseguir informações dessas pessoas.

A empresa a todo momento destaca que aponta todos seus esforços para corrigir as falhas de segurança do Zoom.

O aplicativo Zoom é seguro? Devo usar o aplicativo ?

O aplicativo Zoom é seguro? Devo usar o aplicativo ? Entenda as falhas de Segurança do Zoom

O aplicativo Zoom é seguro?

Bem, o medo de utilizar o Zoom se intensificou depois que a Agência Nacional de Saúde (Anvisa) proibiu seus servidores de utilizarem a ferramenta para suas conferências a distância.

Mas, afinal, quais são as falhas de segurança do Zoom? Bem, a ferramenta permite gravar as reuniões. Um recurso útil no âmbito corporativo, uma vez que documenta decisões tomadas na reunião.

O usuário pode guardar o arquivo em seu computador ou salvar no servidor da plataforma. 

O problema é que a segurança da pasta de armazenamento, em que são salvas as gravações, é frágil.

Segundo o The Washington Post, um analista de segurança não teve dificuldades para acessar 15 mil gravações de reuniões. E nesse universo de conversas, podem ter informações sigilosas. 

Portanto, nós do Programadores Brasil pensamos não existe exatamente uma resposta para isso. Acreditamos que é nossa obrigação te alertar sobre as falhas de segurança no Zoom que vem sendo encontradas.

Se você deseja continuar utilizando o App, tenha consciência destas vulnerabilidades e esteja atento.

E você, o que acha disso tudo ? Deixe sua opinião nos comentários!

[crp]


Fórum de Programação para Iniciantes - Tire Todas as suas Dúvidas

Começando Agora na Programação? Tire todas as suas dúvidas no PB Overflow, nosso Fórum de Programação para Iniciantes (CLIQUE AQUI)


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Últimas Notícias