Segundo estudo, empresa do grupo TrendMicro é líder em divulgação de vulnerabilidades digitais - Programadores Brasil
Segurança Digital

Segundo estudo, empresa do grupo TrendMicro é líder em divulgação de vulnerabilidades digitais

1 Minutos de Leitura

Um estudo da IHS Markit coloca a Trend Micro, líder global em soluções de cibersegurança, e a Zero Day Initiative (ZDI) como líder do mercado na divulgação de vulnerabilidades. A ZDI revelou mais da metade de todos os defeitos de software reportados por fabricantes por meio de divulgação coordenada em 2018.

[+] Veja quais foram as repercussões nas redes sociais após iFood ser hackeado na última terça, 2

O relatório “Public Cybersecurity Vulnerability Market ” analisou 12 organizações que gerenciaram coletivamente a divulgação de 1.752 vulnerabilidades CVE (ou Common Vulnerabilities and Exposures, uma iniciativa colaborativa de diversas organizações de tecnologia e segurança que criam listas de nomes padronizados para vulnerabilidades e outras exposições de segurança) em 2018.

[+] iFood hackeado: entenda o que ocorreu na última terça e veja o pronunciamento da empresa

A ZDI revelou 916 dessas vulnerabilidades, correspondendo a 52% do número total. Esse número é quase quatro vezes maior que o fabricante com o segundo maior número de contribuições (236).

“Sabemos que as vulnerabilidades continuam sendo uma das maiores fraquezas de segurança nas organizações modernas, permitindo que hackers roubem dados sensíveis e instalem malwares que danificam resultados financeiros e a reputação corporativa”, diz Tanner Johnson, analista sênior de conectividade e IoT da IHS Markit e analista líder do relatório. “Na nossa pesquisa, descobrimos que a ZDI não apenas divulgou muitas vulnerabilidades, mas também identificou defeitos de software que poderiam ter resultado em impactos significativos nos negócios se fossem explorados.”

Fundada em 2005, a ZDI, da Trend Micro, foi pioneira na criação de um mercado transparente de divulgação de vulnerabilidades, usando recompensas para bugs identificados para incentivar os pesquisadores. Desde então, a ZDI tem encorajado a divulgação responsável de mais de 6.500 vulnerabilidades e pagou a pesquisadores mais de US$ 20 milhões em recompensas.

[+] Veja quais foram as repercussões nas redes sociais após iFood ser hackeado na última terça, 2


Siga o Programadores Brasil no Google Notícias e Receba Notícias de Tecnologia -> CLIQUE AQUI e Confira.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *