Microsoft fecha parceria com Wall Disney e produzirá filmes pela Microsoft Azure - Programadores Brasil
Curiosidades da Microsoft

Microsoft fecha parceria com Wall Disney e produzirá filmes pela Microsoft Azure

1 Mins read
Microsoft fecha parceria com Wall Disney e produzirá filmes pela Microsoft Azure
(Foto: Andrew Burton/Getty Images)

A Walt Disney Studios e Microsoft firmaram uma parceria para utilizar Azure na produção e distribuição de filmes. A parceria terá duração de 5 anos e será liderada pela divisão da Disney StudioLab, que desenvolve e testa novas tecnologias. As informações são do Tecmundo.

O objetivo é utilizar a plataforma Azure da Microsoft para facilitar desde a gravação, edição até a finalização. de acordo com o diretor de tecnologia da Disney, Jamie Voris espera-se utilizar a nuvem como uma vantagem na hora de produzir a Mágica Disney: “Podemos estar em um set na Austrália e editar na Califórnia. O cinema é um processo global”, explica Jaime.

[+] Microsoft dá indícios de que novo sistema operacional será mesmo Windows Sun Valley e não Windows 11 como apontavam rumores. Saiba mais

Usar a nuvem também diminuirá o número de cópias necessárias de um mesmo arquivo, como armazenar e administrar tanto conteúdo pode ser um desafio, no caso de produções cinematográficas, tanto no aspecto risco quando prático. “Para grandes filmes, produzimos petabytes de dados. Mover arquivos físicos é uma proposta arriscada”, diz Jaime.

A Microsoft e os estúdios Disney já estão iniciando o trabalho de migração dos fluxos de produção para a Plataforma Azure, de acordo com StudioLab as primeiras produções com o novo sistema poderão ser vistas daqui a 12 a 18 meses.

Voris explicou a escolha da Microsoft para a tarefa de armazenar mídias para entretenimento De acordo com a Presidente da Microsoft nos EUA, Kate Johnson a empresa vem trabalhando para ser destaque nessa área.

Katie também acredita que para grandes estúdios fecharem parcerias com gigantes da nuvem como Amazon ou Google pode ser algo arriscado. “Simplesmente não faríamos isso” dispara Katie.

[+] Microsoft reabre centros de experiência em Inglaterra, EUA e Austrália. Saiba mais


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *