WhatsApp e Instagram alteram nome para "esclarecer" que são do Facebook - Programadores Brasil
InstagramWhatsapp

WhatsApp e Instagram alteram nome para “esclarecer” que são do Facebook

2 Mins read
(Reprodução: UOL)

Com o objetivo de deixar mais claro que é o dono do Instagram e WhatsApp, o Facebook tomou uma medida: os dois aplicativos estão ganhando o termo “do Facebook” em seus nomes na interface, no Google Play e na App Store. Com isso, a empresa estaria demonstrando que os dois apps não são mais independentes, além de se proteger contra futuras tentativas de ser dividida. As informações são do site Tecnoblog.

[+] Grupo Fleury sofre tentativa de ataque cibernético e tem partes de seu site comprometidas. Saiba mais

O site The Information foi o primeiro a mencionar as novas marcas “Instagram do Facebook” e “WhatsApp do Facebook”. Fontes dizem que funcionários dos dois aplicativos foram recentemente notificados internamente sobre esses novos termos.

Já é possível encontrar o “Instagram do Facebook” nas lojas de aplicativos Google Play e App Store, porém de forma bem discreta: o termo aparece somente na descrição, não no nome do app em si.

Além disso, ao fazer login no Instagram, você verá a marca “Instagram do Facebook” na parte inferior da tela, em cinza claro, sem chamar a atenção. Também é possível encontrá-la dentro da tela de configurações após o login.

O Facebook informou que o WhatsApp também receberá a mudança de nome. No entanto, fontes dizem ao The Information que “a mudança para adicionar o nome do Facebook aos aplicativos foi recebida internamente com surpresa e confusão”.

Facebook tenta evitar separação do Instagram e WhatsApp

Através dessa mudança é possível entender que o WhatsApp e Instagram já não possuem a mesma autonomia de antes: seus cofundadores saíram da empresa nos últimos anos. Os aplicativos são comandados por executivos próximos ao CEO Mark Zuckerberg.

[+] Brasil sofre 3,2 bilhões de ciberataques nos três primeiros meses de 2021 e lidera ranking de ataques virtuais. Entenda

O Facebook pretende integrar o Messenger, WhatsApp e Instagram Direct em uma só plataforma. Isso pode ser uma estratégia contra iniciativas de dividir a empresa em várias partes.

Como nota o TechCrunch, colocar a marca “do Facebook” serviria como um argumento do departamento jurídico para mostrar como separar o Instagram e o WhatsApp seria prejudicial aos usuários, já que os aplicativos estão integrados a uma mesma plataforma.

Ainda segundo o The Information, Zuckerberg está desapontado com o fato de o Facebook não receber mais crédito pelo crescimento do Instagram e do WhatsApp, o que levou tal mudança.

Via: Tecnoblog.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *