Site denuncia que Microsoft ouve conversas pessoais via Skype e Cortana - Programadores Brasil
Videoconferência

Site denuncia que Microsoft ouve conversas pessoais via Skype e Cortana

2 Mins read
Microsoft passará a encerrar contas inativas de usuários
(Reprodução: Google)

A privacidade dos nossos dados é um dos assuntos mais presentes nos dias de hoje. Já foram revelados inúmeros casos de gigantes como a Apple atuavam espionando conversas através da sua assistente pessoal, a Siri.

Agora, a Microsoft foi a “bola da vez” nas denúncias de mal uso de dados privados de usuários da plataforma. As informações são do Olhar Digital e do Vice.

Segundo reportagem publicada no site Vice, a Microsoft estaria analisando amostras dos áudios dos aplicativos Skype e Cortana, a assistente pessoal da companhia.

[+] Malware do tipo Trojan se infiltra por 2 anos em mais de 3 milhões de PCs e rouba 1,2 terabytes de dados e informações pessoais. Entenda

Otimização de serviços

No site do Skype, por exemplo, é explicado que a empresa pode analisar o áudio das chamadas efetuadas via aplicativo. Porém, esta análise, em teoria, é feita somente para melhorar os serviços de tradução simultânea da plataforma. Não é especificado, contudo, se esta análise é feita por seres humanos.

Conforme colocado pelo Olhar Digital, Pat Walshe, ativista do grupo em prol da privacidade Privacy Matters defende a ideia de que a falta de informação ao usuário por parte da Microsoft é um fato.

“Algumas coisas que ouvi podem ser claramente descritas como sexo por telefone. Ouvi pessoas inserindo endereços completos nos comandos da Cortana ou pedindo que ela fornecesse retornos de pesquisa sobre consultas de pornografia.”, contou Pat ao Motherboard

“Embora eu não saiba exatamente o que alguém poderia fazer com essa informação, parece estranho para mim que ela não esteja sendo tratada em um ambiente mais controlado”, continua Pat.

O que diz a Microsoft

Segundo a Microsoft os serviços de documentação do Skype e da Cortana são muito claros quando esclarecem ao usuário que a empresa usa dados de voz para melhorar seus serviços. Mais uma vez, eles não dizem que um humano pode ouvir esses dados de voz, no entanto.

[+] Dell Brasil monta time com mais de 200 cientistas de dados no país com intuito de desenvolver projetos voltados para segurança pública. Entenda

A empresa informou ainda que os dados de áudio estão disponíveis apenas para os contratados por meio de um portal on-line seguro e que a empresa toma medidas para remover informações de identificação, como números de identificação de usuários ou dispositivos.

De fato, a falta de informação ao usuário por parte da Microsoft é um fato. Com isso, não é possível saber com toda a certeza se estes dados recolhidos não são utilizados com outros propósitos.

Via: Olhar Digital e Vice.


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *