Operadoras de telefonia serão investigadas por ataque do "hacker de Araraquara"
Celulares e Smartphones

Operadoras de telefonia serão investigadas por ataque do “hacker de Araraquara”

1 Minutos de Leitura
Imagem ilustrativa. (Reprodução: Google)

O Ministério Público Federal de Brasília abriu um inquérito civil público para investigar se as operadoras de telefonia podem ser responsabilizadas pelas invasões de hackers aos celulares que culminaram no vazamento de conversas privadas do ministro Sergio Moro, do procurador Deltan Dallagnol e de outras autoridades. As informações são do Exame.

[+] Bradesco Financiamentos confirma vazamento de dados de 53 mil clientes. Confira

A Polícia Federal vai analisar se houveram falhas nos sistemas das empresas de telefonia, que teriam facilitado o trabalho dos invasores para obter conversas privadas de Moro e de procuradores da Lava Jato no aplicativo Telegram.

Uma das vulnerabilidades que teria sido explorada no caso seria o acesso à caixa postal de um número de telefone usando o mesmo número do destinatário. Como o código de ativação do Telegram pode ser solicitado por chamada telefônica, foi necessário apenas que os hackers mantivessem o telefone alvo com a linha ocupada. Com isso, a mensagem era enviada para a caixa postal.

Via: Exame.


Usa TELEGRAM?!

Venha participar do nosso Grupo Exclusivo de Ofertas e Descontos do Programadores Brasil. Aqui você encontra os melhores preços para Notebooks, Celulares, Tablets, Headsets e eletrônicos em geral! Acesse: https://t.me/progbrasilcupons https://t.me/progbrasilcupons


Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também

Últimas Notícias